quarta-feira, 22 de abril de 2009

Na revista Ragga deste mês:


Que ironia. A coluna Provador, que escrevo com muito prazer para a revista Ragga (que agora é mensal!), apesar do título ("A moda, em bom português), saiu com um erro de concordância por falta de atenção minha na hora de reler. Na quarta linha do décimo parágrafo, a frase deveria ser assim: "E para que dali brotem mil possibilidades, as peças não precisam ser tantas." Bom, feita a correção, espero que você aprecie a leitura.

16 comentários:

Viviane Moreira disse...

Falando em bom português: Você é o máximo!!!
Beijos no coração!
Vi

Renata Rocha disse...

Quem nunca errou uma concordância que atire a primeira pedra.

Henrique disse...

delícia de artigo! Sempre digo que o vestir-me e o maquiar-me são as minhas brincadeiras de adulta. Entendo que o segredo do sucesso é se divertir com o que se faz!!!

Beijo, Cris! Você realmente é uma inspiração!

Renata

Li disse...

Você escreve muito bem! Gosto muito dos textos da Ragga, também não sou uma expert em moda, e acabei de fazer um blog e vou falar um pouco sobre esse assunto, e acho que a gente acaba conhecendo mais mesmo sem querer, porque eu dei uma pesquisada antes de postar, achei muito legal!

bjo Li

Ice disse...

oi linda!
eu te adc no meu blog, me adc no meu tbm?

bjobjo

Henrique disse...

ops! Henrique é meu filho...eu sou Renata...rs

Moniky Cruz disse...

ótimo texto!!!!
Tô aprendendo muito com vc, precisa ver como tô me vestindo melhor, todo mundo nota!

Ana Laura disse...

Gostei muito do texto!
É isso: é bem mais simples, mais gostoso assim, naturalmente...
Se apaixonar pelas peças, descobrir as possibilidades.

bjs,

AL

Regina disse...

Mais uma vez repito: Obrigada por ter aparecido, Cris. Você aprende e termina ensinando. Passando para nós estilos que achávamos impossíveis e são, sim, possíveis.
Assim é legal porque a gente termina enxergando com o seu bom gosto.

Um beijo, o texto está maravilhoso.

solta disse...

E depois de ler este texto pensei: "hoje estou muito bem (dentro do meu estado de espírito), mas amanha arrisco mais!".

***

Val comenta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Livia Pessoa disse...

SEN SA CIO NAL...
desculpe a ousadia em dizer que é tudo que eu penso, que sinto, que faço e que não foi externado por mim e sim, por tuas sábias palavras!

Radoika disse...

Cris,
Depois de ler o seu texto, a vontade que eu tenho é de correr para o meu guarda-roupa e "colocar um poquinho de poesia" na minha vida. Você me inspira!
Sou sua fã, sempre!
Beijos
Radoika

Camila disse...

Oi, adorei a matéria, com ou sem erro de concordância suas palavras me cativaram de uma forma!!! Bjinhos e td de bom!

Ana Carolina disse...

Cris, parece q vc tirou as palavras da minha boca...eu entendo é de me vestir!

Bravo!

Raquel disse...

Que delícia de texto Cris!
Sou sua fã.