sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Vestidos e o vento.

A palavra insinuar vem de vestido. Nada afirma, insinua. O vento no vestido investiga. Vestidos voltam no tempo. Vestido, volta, saia rodada. Vento. Vestidos dão asas à imaginação. São eles as asas. Vento por baixo da saia do vestido. Vestidos mudam de forma, revelando, não as formas, gordas ou magras, mulheres. Vestidos deixam respirar. Insinuam sinuosas curvas, perigo adiante. Suspiros. Vestidos vestem despindo. Em um vestido me visto de vento.

20 comentários:

Bel disse...

E, eu sopro pra fazer mais vento!!!Porque adoro te ver vestida de vestido, rodeada e rodada pra fazer sempre mais vento.
Adoro tua poesia.
Um beijo,
Bel

Bel disse...

E, eu sopro pra fazer mais vento!!!Porque adoro te ver vestida de vestido, rodeada e rodada: giros que produzem ventania!
Adoro tua poesia, Cris.
Um beijo,
Bel

Ma disse...

Nossa, que lindo!!!!!!!!!
Fiquei emocionada (como sempre!...rs). Tudo de bom, muito bom!!!!!! Vc é linda demais!
Beijo!
Marília

*CaRoL* disse...

Delicadeza... definitivamente é o seu maior adjetivo!
Beijos.

Letícia Nogueira disse...

Muito bacana seu texto. Bjim.

Euzinha disse...

eu tb adoooooooooro vestidos. e saias tb.
beijos e ótimo final de semana

By Mari Molina disse...

Cris,
Quanta inspiração! Que lindo!!!
Adorei o vestido, o texto...
Beijos

Bia Graça disse...

Nossa Cris!
Você realmente escreve muito bem.
Tb adoro vestidos. Bom fds.
Bjs
Bia

Renateca disse...

eu também sou apaixonada por vestidos...
vestidos e vento..
adorei Cris... parabéns!
Seu blog é lindo demais.

beijos,
renateca

aurea disse...

Cris...linda a poesia... ah! A bel também arrasou... por isso que não posso deixar de passar por aqui e sentir esse vento de coisas boas! Beijinhos! AHHHHHHH!!!! Vem p/ o Rio!!!! Tá bom... já me acalmei,rsrsrs!!!!

*^^* disse...

Oi Cristiana, Sou Gleice de São Paulo...sabe esse livro branco...exposto em seu Blog eu já o tenho e é uma aquisição muito feliz que faço, não consegui me deter de ler em pleno expediente...confesso que de tanto ler seu blog diariente, criei até coragem de dar um livro o qual eu editei a um amiga. Você pode não saber que faz bem as pessoas, mas não diretamente o quanto.

Um Grande beijo! E espero estar no Shop.Ibirapuera para que você autografe meu livro...acho que vou fazer uns furos nele...assim te entendo melhor!!!! "Brincadeira, não ousaria fazer isso".l

Jeoceli disse...

Cris, parabéns. Fiquei admirada de vc, já vi os teus 3 blogs, amei o para Francisco e este tbm. Fico aqui de cantinho acompanhando e me inspirando. Vc é genial!!

Tenho um filho tbm, se chama Léo, o amor por esses pequenos é grande e eu sei.
Beijos carinhosos em ti e no Cisco!

Eneida disse...

Você escreve muito bem, deveria escrever mais aqui!
Beijo.

paty disse...

Cris... boa tarde!
Como gosto tanto das canções,
e de suas produções!!! sempre lindas!

este final de semana ta com cara de colbie caillat...
tem vento aqui em Montes Claros, o calor ta indo embora aos poucos, e
sinto que qualquer hora a tao esperada chuva vai cair...
final de semana ouvindo colbie caillat e chuva na janela!!

Ana Carolina disse...

Será que vem por aí um livro de poesias? :)

Ah, nem precisa né Cris. Te ver é uma poesia diária. Que privilégio o nosso você partilhar conosco um pouco do seu dia.

Paty, que sugestão excelente! Caiu como uma luva.

Paradis disse...

Eu adoro esse vestido...

Nina disse...

tbm amo vestidos e poesias e ventos e músicas

bjs e ótimo fim de semana!

Viviane Moreira disse...

Aaaaiiiiii....que lindo!!! Adoro vestidos, adoro suas palavras, adoro vc!!!
Beijoss
Vi

Helga disse...

Então, sairia um tanto caro.. mas certamente teu blog daria um livro sim. Páginas com as roupas e alguns escritos do lado. As poesias, ou mesmo os textos simples.
Afinal, as pessoas se relacionam com seus escritos por sentirem o mesmo (só não descrevem tão bem).

:)

Dani Oliveira disse...

Que lindo Cris. Adorei o poema =)