domingo, 11 de julho de 2010

Na edição atual da revista Encontro:


Clique aqui para ler online.

18 comentários:

Sol Ribeiro disse...

Cris, adorei o texto, as inseguranças batem mas no meu ponto de vista a gente (mãe) tem que deixar um pouco os modismos e "regras" odontológicas e pediátricas de lado e seguir um pouco nosso instinto, ponderado é claro. Eu sou mãe de um filho só tb, já com 18 anos. Eu já fui ao contrário, acabei de chegar do hospital armada com umas 3 chupetas, ele resmungava e eu ja tentava (e como tentei) colocar a tal boquinha a dentro, mas nada neste mundo convenceu o pimpolho a aceitá-la. No 3º dia, olhei para o berço e ele todo impaciente levava o dedinho no nariz, na orelha, no olho e menos na boca. Ele ficou fazendo diversas tentativas de colocar o dedo em algum lugar e eu olhando, até que fiquei com dó e levei sua mãozinha na boca, chupou o dedão com o maior gosto e só largou com 5 anos. teve uma recaída aos 6 anos e voltou a chupar mais alguns meses até que largou por completo. Teve problemas na dentição, mas independente de chupar dedo, chupeta eu acho que teria, pq eu e o pai dele tivemos dentes tortos tb. Desculpa o texto longo, é que eu passei pelos mesmos temores e hj vejo que não mudaria muito o resultado final. Bjs. e bom restinho de domingo.

Nínive Lage disse...

Gostaria muitíssimo de mais detalhes do ex da amiga da amiga de 29 anos.
Rssssssssssssssss.

Você é totalmente demais.

Marcia Silva disse...

Que encanto de texto!! E eu tambem queria saber mais sobre o "dito cujo" de 29 anos que tomava mamadeira hahahahaha

"Dri" disse...

O meu bico tb foi comido pelo gato.
kkkkkk....

Foi uma troca, eu ganhei uma barbie (aquela cabeça para maquiar, lembra?) e dei o meu bico para o gatinho. No final do dia eu já estava aos prantos e queria destrocar, queria o MEU bico de volta. E a minha mãe disse q o gatinho já tinha levado o bico embora. hihi...

Beijinhos!

Fabiana Farias disse...

Lindo, leve e gostoso de ler. Ainda não tenho filho, mas resolvi um tempinho atrás não tentar antecipar o que quero fazer ou não. Vou ser do improviso. rsrs

Bianca Garcia disse...

Adorei!

Claudia Lordao disse...

Adorei o texto Cris!
Eu larguei a chupeta quando completei 6 anos. Algo a ver com o Papai Noel.. Não lembro exatamente o quê, mas o Papai Noel foi figura fundamental nesse processo.
E, olha, nunca tive que usar aparelho.
Entendo perfeitamente você querer estender a fase bebê do seu filhote.
Meu filho hoje tem 12 anos e volta e meia eu fico lembrando dele pequenininho.
Deixa o Francisco chupar a chupeta dele. O tempo passa muito rápido, Cris. Deixa ele com a chupeta, até quando ele precisar dela.
Um beijo grande,
Claudia

Lili disse...

Olá Linda.

Minha filha de 3 anos largou agora a xuxa, ela a quis trocar por uma sereia, não é fofo... Comprei-lhe a sereia e ela deu-me a xuxa.

Meu filho de 5 anos nunca teve xuxa, xuxa no dedo por causa de um boneco que ele baptizou de Quico. O Quico é um amigo para ele de tal forma que ele diz que nós somos uma família de 5 e não 4...
Posso eu tirar-lhe o Quico, claro que sim, mas falta coragem... Afinal somos uma família de 5, a mamã o papá a mana o mano e o Quico...

Beijos de uma mamã...

idéias da Cris disse...

Cris, eu também chupei chupeta até quando entrei na escola e com os meu filho mais velho que não queria largar a dita cuja usei a tática de que quando completasse 5 anos faríamos uma festa de arromba e então ele me daria a chupeta em troca da festa, deu certo porque ele nunca mais pediu, com o caçula ele não esperou o aniversário de 5 aninhos ele me entregou a chupetab 3 meses antes da data combinada, foi um feriado prolongado que ficaríamos todos juntos e com toda a segurança do mundo ele jogou a chupeta no lixo, foi uma benção, nunca mais pediu, também já tinham se passado 5 anos e já tinha maturidade para tal.
bjs cris

Ana Clara disse...

Cris, tudo tem seu tempo, a horta certa. Meu caçula nunca pôs uma chupeta na boca, na primeira tentativa que eu fiz ele cuspiu. Em menos de um mês faz 17 anos. O mais velho hoje com 18 anos, tinha uma chupeta na boca direto até um ano de idade e para dormir fosse de dia ou à noite até seus cinco anos, quando fiz uma ameaça a ele ( tadinho!, me arrependo até hoje) que se ele não largasse a chupeta já que era um mocinho, o pai dele não voltava dos EUA. Deu certo mas doeu! A hora que o Cisco largar a chupeta, essa vai ser a hora certa. Não esquenta com isso. Uma linda e proveitosa semana para vcs! Beijos!

Isabella disse...

Essa "confissão" é de uma delicadeza absoluta.
SIMPLESMENTE LINDO!!!

Drika disse...

Pode Deixar ele com a chupeta, sem culpa, te garanto que não se tornará um adulto dependente dela...experiência de uma mãe com filhos de 19 e 26 anos.

Bjus!!!

carolcafonso disse...

Cris,
Tirei a chupeta da minha filha esse mês... Ela tem dois anos e meio, e foi uma mocinha, entendeu direitinho... agora repete que é moça, que chupeta estraga os dentes, e que ela prefere a boneca pela qual ganhou, por ter se tornado mocinha...
E eu? eu literalmente chorei...hahahhah pela falta da chupeta, pela clama que ela me trazia, pelo ar de bebe que ela garantia a minha filhinha...
lindo o texto, comovante....delicado como tudo o que vc escreve!

Beijos
Carol Afonso

Pó de Estrelas disse...

Cris,

Adorei o texto! Não tenho filhos, mas sua história da chupeta me fez lembrar da minha...quantas vezes não daríamos tudo para sentir aquela tranquilidade proporcionada pelas chupetas, mamadeiras e "cheirinhos" da nossa infância...

Abraços!

Pó de Estrelas disse...

Cris,

Adorei o texto! Não tenho filhos, mas sua história da chupeta me fez lembrar da minha...quantas vezes não daríamos tudo para sentir aquela tranquilidade proporcionada pelas chupetas, mamadeiras e "cheirinhos" da nossa infância...

Abraços!

Carteiro disse...

Gostei do texto! Tirei a chupeta do meu filho quando ele tinha 2 anos e meio.. foi no meio de um "piti" dele, peguei a chupeta e cortei... foi assim.Ele passou pela sindorme de abstinencia em uma semana ..depois mais nunca. Hoje a chupeta dele é o Play Station 3... todos nós ainda possuimos nossas "chupetas". abraço

Karin disse...

Oi Cris!
Mostra esse vídeo pro Cisco...
http://www.youtube.com/watch?v=1bklffwG1MQ
É do Projeto Pequeno Cidadão (Arnaldo Antunes, Edgar Scandurra), muito lindo...

Isabela Santos disse...

Geeente, que texto lindo. Cheguei a me imaginar com o paninho na cadeirinha do banco de trás do carro também. Uma fofura completa o que escreveu. Muito sensível.