quinta-feira, 27 de maio de 2010

Fumar: bonito não é.

Não vou bancar a “tia chata” dizendo que fumar faz mal, que mata, que das 4.720 substâncias químicas que entram na composição do cigarro, mais de 60 já foram identificadas como cancerígenas.

Nada disso, até porque você já sabe. O post de hoje é mais um toque de amiga: a aparência é a primeira vítima do cigarro, sem dúvida.

A “perversinha” é a nicotina, um líquido tóxico presente nas folhas do tabaco e que já era utilizado em 1690, na França, como inseticida. Aquele “biquinho” feito na hora de tragar contrai os músculos ao redor de toda a boca, o que favorece o surgimento de rugas em torno dos lábios. Não por acaso, essas marcas de expressão são conhecidas como 'boca de fumante'. Isso, sem citar o hálito, que nenhuma bala de menta resolve.

A lista de prejuízos à beleza continua: pele levemente acinzentada, flacidez e envelhecimento precoce. E para as meninas, a notícia é ainda pior: “As mulheres sofrem mais os efeitos devastadores da nicotina, por conta da queda no hormônio feminino, o estrogênio”, alerta o presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia – DF, Dr. Gilvan Alves. “A nicotina deixa traços também nas mãos, que ganham coloração amarelada nas pontas dos dedos e placas das unhas”, completa o médico.

E não adianta tapar o sol com a peneira: os fumantes adeptos de tratamentos estéticos costumam ter resultados abaixo da média. “Esses pacientes obtêm resultados, mas nunca chegam ao ideal”, conclui Dr. Gilvan. De novo a culpa é da nicotina: além de causar dependência, ela tem efeito vasoconstritor na microcirculação sanguínea. Traduzindo: ela reduz o diâmetro dos pequenos vasos, dificultando a chegada de oxigênio e de nutrientes que as células recebem através do sangue. Resultado: a pele perde o viço e o fumante, a beleza.


Dr. Gilvan Alves.

11 comentários:

BilaCaldas disse...

Poderiam lançar a campanha não mate seu amigo...não fumar perto de quem fuma que acaba, por contrair junto os malefícios da maldita (nicotina).

Lili Cheveux de Feu disse...

duro é ser fumante passivo e ser obrigado a se destruir desta forma, mesmo sem querer...

Vivian Fiorio disse...

Muito legal esse post. Eu sou a fumante mais contra o cigarro que conheço, visto que na minha própria casa não fumo e nem deixo ninguém pitar sob o risco de prejudicar a saúde dos fumantes passivos.
Acho que para parar efetivamente, os fumantes precisam mergulhar fundo nas suas motivações e tentar compreender a razão de ter iniciado o vício. Não deve existir uma fórmula exata, mas sim a fórmula de cada um. Eu ainda não encontrei a minha, mas continuo tentando.
Beijocas.

:: Cyntia :: disse...

http://www.midianews.com.br/?pg=video&idVideo=2770

OLHEM ISSO!!!!!
Uma crianças de APENAS 2 ANOS fuma 40 CIGARROS por DIA!!!!

Tenho mais nada a declarar!!!!!
Para o mundo que quero DESCER!!!!

Bia Graça disse...

Graças a Deus consegui, após 30 anos, largar de uma vez este veneno.
Foi duro no princípio, mas valeu a pena. 2 anos e 6 meses limpa (para sempre).

"Dri" disse...

Ontem, por coincidência, tb postei sobre os males oriundos do cigarro. Vivenciamos uma das suas consequencias em minha família, é mto triste ver a pessoa q vc ama sofrer. Acho importante falar, mesmo q seja visto como a Tia Chata, ou lá vem ela com aquela lorota novamente... não ligo, não quero q outras pessoas passe pelo mesmo mal.

Como diz o ditado:
Água mole em pedra dura, tanto bate até q fura.
bjim...

Camponez disse...

Sem falar que mulher que fuma é brochante!

Botocuda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana Paula disse...

ja viram esse texto sobre a lei antifumo que ta rolando no twitter? muito bom! http://twitpic.com/1pggkj

demetrio disse...

"Fumar é uma brutalidade contra sí próprio e uma agressão aos que os circundam!"

www.vestirounaovestir.posterous.com

Victoria disse...

Um dia eu fui fumante,
um dia isso foi relevânte,
mas isso ficou distante....

beijos

www.onovorosa.blogspot.com